02 janeiro 2006

63 - Reveillon

Maria Isabel enviuvara naquele ano. No reveillon não usou calcinhas. Finalmente estava livre!

3 Comentários:

Blogger Souza Amin disse...

Zezé, adorei o seu blog. inclusive, ele foi a fonte de inspiração do meu blog de humor e microliteratura, Vida Breve (http://microliteratura.zip.net/). A propósito: o primeiro microconto postado, "Espelho no Teto", foi redigido logo após a leitura da sua sincera auto-definição.

01:27  
Anonymous Anônimo disse...

Fantástico!!

Defski
Covilhã
ainda Portugal

11:47  
Anonymous André Pennycook disse...

Olá Zezé, é um grande prazer para mim iniciar-me("descabaçar-me" como diria o Mestre João Ubaldo) na literatura de microcontos, tendo a oportunidade de navergar em um Blog fantástico como o seu.
Acredito que ao escrever o microconto de nº 63 vc possa estar vivendo um momento de uma linda, profunda e mística introspecção feminina, onde nossos atos e pesamentos são movidos por uma onda elétrico-neural na base do córtex(fator decorrente da explosão hormaonal)...Enfim...vc consegue nesse texto fazer o leitor suspirar, crendo em sua sinceridade como mulher.
Bem espero ter a oportunidade de discutir algo contigo...
Sinceros carinhos de um fã de sua obra...
André Pennycook,
msn: pennycrazy@hotmail.com
e-mail:pennywayoflife@yahoo.com

09:42  

Deixe seu comentário

< Página inicial